Estudar Música Pela Infância Melhoria A Forma Como O Cé

24 Mar 2019 01:03
Tags

Back to list of posts

<h1>Nicholas Rodney Drake (Rangum</h1>

<p>Lu&iacute;s Guerreiro &eacute; um guitarrista portugu&ecirc;s, actualmente &eacute; um dos expoentes da guitarra portuguesa contempor&acirc;nea. Foi por interfer&ecirc;ncia do pai que se lhe despertou a curiosidade para esse instrumento musical, e consequentemente pro fado, recebendo com apenas 10 anos pela m&atilde;o deste, a tua primeira guitarra.</p>

<p>Seguiu-se uma incurs&atilde;o em uma academia de m&uacute;sica em Alcoit&atilde;o, onde veio a dominar Ant&oacute;nio Parreira, com quem come&ccedil;ou a ter aulas particulares. Surgiu logo depois a oportunidade de tocar no Potente Dom Rodrigo, primeiramente como convidado, logo ap&oacute;s substituindo Ant&oacute;nio Parreira sempre que este se encontrava ausente.</p>

<p>E durante 3 anos consecutivos participou em concursos organizados na Academia da Guitarra Portuguesa. Como Solar Na Guitarra de Lisboa, incluindo Adega Machado. Tocou para fadistas como Maria Am&eacute;lia Proen&ccedil;a ou Celeste Rodrigues. Em 2001 apresenta o seu primeiro concerto individual no CCB, tocando a sua guitarra portuguesa.</p>

<p>Lu&iacute;s Guerreiro acompanha em Em Ir&atilde;o. “Quer Tocar Alguma M&uacute;sica? . Esse texto &eacute; disponibilizado nos termos da licen&ccedil;a Atribui&ccedil;&atilde;o-CompartilhaIgual 3.0 N&atilde;o Adaptada (CC BY-SA 3.0) da Creative Commons; podes estar sujeito a condi&ccedil;&otilde;es adicionais. Para mais fatos, consulte as condi&ccedil;&otilde;es de utiliza&ccedil;&atilde;o.</p>

<p>Est&aacute; amando desse texto? Conecte teu Facebook pra defrontar desafios, localizar parceiros e vencer seus objetivos. Segundo ele, pegar o teu instrumento musical e ficar tocando de cada jeito s&oacute; para cumprir uma determinada carga hor&aacute;ria n&atilde;o apenas &eacute; uma perda de tempo como torna voc&ecirc; menos confiante. Se &eacute; assim que voc&ecirc; estuda, vai come&ccedil;ar a notar que mesmo com o passar do tempo, n&atilde;o consegue perceber nenhuma evolu&ccedil;&atilde;o. Mahmundi: &quot;Aspiro Fazer M&uacute;sica Para o Universo&quot; /p&gt;
</p>
<p>Continua tocando a toda a hora as mesmas (poucas) m&uacute;sicas, com a mesma (pouca) qualidade. Ao inv&eacute;s Anos Depois, Come&ccedil;a A Tocar Guitarra , a pr&aacute;tica deliberada &eacute; um procedimento r&aacute;pido e profundo de experimenta&ccedil;&atilde;o com metas claras e hip&oacute;teses. Ela &eacute; lenta e envolve a repeti&ccedil;&atilde;o de partes pequenas da m&uacute;sica at&eacute; que os erros sejam eliminados. A institui&ccedil;&atilde;o de ensino do Texas conduziu um estudo pra investigar os m&eacute;todos de estudo espec&iacute;ficos que diferenciavam os melhores m&uacute;sicos e os estudantes mais efetivos.</p>

<ul>

<li>10 &ordm; Quantidade de dist&acirc;ncia entre notas</li>

<li>Devagar, meu amigo</li>

<li>Solos em MP3 de todas M&uacute;sicas do curso</li>

<li>48 •</li>

<li>Cria um sentimento de vit&oacute;ria</li>

maxresdefault.jpg

<li>Maior versatilidade muscular, reduzindo a agonia</li>

</ul>

<p>O experimento foi feito com 17 estudantes de piano, que se submeteram a assimilar uma passagem de 3 compassos do Concerto n&ordm;. 1 pra Piano de Shostakovich. Essa passagem tinha partes complicadas, ocasionando-a penoso de ser executada &agrave; primeira visibilidade, contudo n&atilde;o t&atilde;o custoso a ponto de n&atilde;o poder ser aprendida em uma &uacute;nica sess&atilde;o de estudo. Observando os resultados do estudo, os pesquisadores conclu&iacute;ram que preparar-se por mais tempo, reiterar mais vezes a m&uacute;sica ou mesmo toc&aacute;-la corretamente algumas vezes n&atilde;o foram as melhores estrat&eacute;gias.</p>

<p>Ademais, foi verificado que quanto mais vezes os estudantes tocaram a m&uacute;sica incorretamente em seus estudos, pior foi o resultado desfecho. A corre&ccedil;&atilde;o necessita dos erros: os melhores resultados vieram dos estudantes de suposi&ccedil;&atilde;o musical pra novatos que identificavam precisando onde estavam errando, para entender de novo esse pequeno trecho e corrigi-lo.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License